Wednesday, January 10, 2018

Focaccia de alho assado e pecorino

English version

Roasted garlic pecorino focaccia / Focaccia de alho assado e pecorino

Posso dizer que depois da adorável Ina Garten minha apresentadora favorita do Food Network é a Rachael Ray: ela é divertida e sua comida sempre parece deliciosa, apesar de eu quase sempre achar as porções um pouco generosas demais. :)

Ela sempre fala sobre o quanto ama alho e super me identifico: tenho a mão pesada na hora de adicionar alho na comida (vai ver é por isso que lá em casa dificilmente alguém fica gripado) e geralmente dobro a quantidade pedida em receitas. E alho assado, então? Amo tanto que tive que colocar o ingrediente em uma massa de focaccia. Ficou deliciosa, mas se você não é tão fã assim de sabores fortes pode cortar a quantidade de alho pela metade e substituir o pecorino por parmesão.

Roasted garlic pecorino focaccia / Focaccia de alho assado e pecorino


Focaccia de alho assado e pecorino
receita minha

- xícara medidora de 240ml

Para o alho assado:
1 cabeça de alho grande, inteira
1 colher (sopa) de azeite de oliva extra virgem

Massa da focaccia:
2 colheres (chá) de fermento biológico seco
¼ colher (chá) de açúcar cristal
300ml de água morna
3 colheres (sopa) de azeite de oliva extra virgem + um pouquinho extra para regar a focaccia
3 ¼ xícaras (455g) de farinha de trigo
1 colher (chá) de sal
1/3 xícara de queijo pecorino ralado fininho – rale, depois meça
2 colheres (sopa) de tomilho fresco, só as folhas

Pré-aqueça o forno a 180°C. Coloque a cabeça de alho inteira em um pedaço médio de papel alumínio, regue com o azeite e feche o papel, apertando bem as extremidades para que o azeite não vaze. Coloque o pacotinho em uma assadeira pequena e leve ao forno por cerca de 45 minutos ou até que o alho esteja macio. Retire do forno e, com cuidado para não se queimar com o vapor, abra o pacotinho para que o alho possa esfriar levemente. Assim que conseguir manusear o alho sem se queimar, remova a polpa das cascas, coloque em um pratinho e amasse bem com um garfo até obter um purê (reserve o azeite que ficou no papel alumínio).

Na tigela da batedeira planetária, ou em uma tigela grande caso vá sovar a focaccia com as mãos, junte o fermento biológico, o açúcar e a água morna. Misture com um garfo e reserve por cerca de 5 minutos ou até que a mistura espume. Acrescente o azeite, a farinha, o sal e metade do pecorino. Bata com o batedor em formato de gancho em velocidade média por 6-8 minutos ou até obter uma massa lisa e homogênea – se sovar na mão, 10-12 minutos. Junte o alho amassado, metade das folhinhas de tomilho e incorpore bem. Transfira a massa para uma tigela grande pincelada com azeite, cubra com filme plástico e deixe crescer em um lugar livre de correntes de ar até que a massa dobre de volume, cerca de 1 hora e meia – em dias muito frios eu ligo o forno e deixo a cozinha mais morninha para que a massa cresça bem.

Unte com azeite uma assadeira rasa de aproximadamente 30x45cm. Transfira a massa para a assadeira preparada com cuidado para não perder o ar e formate-a em um oval de mais ou menos 30x20cm. Polvilhe com farinha as pontas dos três dedos centrais de uma das mãos e faça furinhos em toda a extensão da massa (sem deixar que atravessem o fundo). Meça o azeite que sobrou do alho assado e acrescente azeite (se necessário) até completar 1 colher (sopa). Regue a focaccia com este azeite, salpique com o tomilho e o pecorino restantes. Deixe crescer novamente em um lugar quentinho, livre de correntes de ar, por cerca de 20 minutos ou até estufe levemente e quase dobre de volume – enquanto isso, preaqueça novamente o forno, desta vez para assar a focaccia, a 200°C.

Asse até que a foccacia doure bem, 25-30 minutos. Retire do forno e, com o auxílio de uma espátula grande de metal, transfira para uma gradinha. Sirva morna ou em temperatura ambiente – a focaccia pode ser guardada em um recipiente hermético em temperatura ambiente por até 2 dias e fica como fresca novamente depois de alguns minutos no forno quente.

Rend.: 8-10 porções

Wednesday, January 03, 2018

Bolo-pudim Floresta Negra para começar 2018

English version

Black Forest self-saucing pudding / Bolo-pudim Floresta Negra

Feliz Ano Novo, pessoal! :)

Há séculos que não posto nada novo aqui no blog, apesar de ter uma lista quilométrica de receitas gostosas para dividir com vocês: o trabalho em dezembro aumentou consideravelmente e trabalhei muito para deixar tudo direitinho e poder tirar alguns dias de férias. Havia prometido a mim mesma que durante os tais dias de férias não me sentaria na frente do computador e estou orgulhosa por ter cumprido a promessa – eu precisava mesmo descansar. Claro que sou humana e cheia de falhas, acabei usando meu celular para postar no Instagram e no Twitter, mas mesmo isso pouco, bem menos do que eu esperava.

Voltei ao trabalho e já que ainda temos cerejas nos mercados achei que era hora de postar esta sobremesa: é deliciosa e fácil de fazer. Quando testei esta receita no passado usei framboesas congeladas em uma das vezes: o bolo-pudim deixa de ser Floresta Negra, mas continua saboroso, e assim dá para prepará-lo em outras épocas do ano.

Bolo-pudim Floresta Negra
receita minha

- xícara medidora de 240ml

Massa:
¾ xícara + 2 colheres (sopa) - 125g - de farinha de trigo
3 colheres (sopa) de cacau em pó, sem adição de açúcar
1/3 xícara (67g) de açúcar cristal
1 ¼ colheres (chá) de fermento em pó
1 pitada de sal
¼ xícara (56g) de manteiga sem sal, derretida e fria
1/3 xícara (80ml) de leite integral, temperatura ambiente
1 ovo grande
1 colher (chá) de baunilha
2 colheres (chá) de conhaque – se tiver kirsch em casa, use-o no lugar do conhaque; se preferir, omita o álcool
1 xícara (150g) de cerejas frescas, sem os caroços e cortadas ao meio – meça, depois remova os caroços
¼ xícara (42g) de chocolate meio amargo em gotas – usei um com 53% de cacau

Cobertura:
½ xícara (88g) de açúcar mascavo claro – aperte-o na xícara na hora de medir
1 ½ colheres (sopa) de cacau em pó, sem adição de açúcar
½ xícara (120ml) de água fervente

Para servir:
chantilly ou sorvete de baunilha

Preaqueça o forno a 180°C. Unte levemente com manteiga 4 refratários com capacidade para 1 xícara (240ml) cada.

Comece preparando a massa: em uma tigela média, misture com um batedor de arame a farinha, o cacau, o açúcar cristal, o fermento em pó e o sal. Reserve.
Em outra tigela média, misture com um batedor de arame a manteiga, o leite, o ovo, a baunilha e o kirsch. Despeje sobre os ingredientes secos e misture até obter uma massa espessa. Incorpore as cerejas e o chocolate. Divida a massa entre os potinhos.

Cobertura: em uma tigela pequena, misture o açúcar mascavo e o cacau. Polvilhe sobre a massa. Arrume os potinhos em uma assadeira rasa e então despeje 2 colheres (sopa) da água fervente sobre cada potinho, delicadamente. Leve ao forno por 20-25 minutos ou até que a mistura cresça e forme uma crosta. Sirva imediatamente com chantilly ou sorvete de baunilha.

Rend.: 4 porções

Thursday, December 14, 2017

Piadina

English version

Piadina

Não tenho cozinhado muito ultimamente, mas ainda gusto de fazer coisinhas gostosas nos finais de semana e testar receitas novas. E apesar de meu marido e eu não sermos grandes fãs de sanduíche há sábados em que faço piadina para o almoço: a massa fica pronta rapidinho e como leva fermento em pó em vez de fermento biológico não precisa de muitas horas para crescer – ela só precisa descansar por meia horinha, enquanto você resolve outras coisas na cozinha.

A piadina também é ótima por ser super democrática: dá para rechear com o que quiser ou o que houver na geladeira.

Piadina
receita minha

- xícara medidora de 240ml

Massa:
3 xícaras (420g) de farinha de trigo
1 colher (chá) de sal
1 ½ colheres (chá) de fermento em pó
3 colheres (sopa) de azeite de oliva extra virgem
2/3 xícara (160ml) de leite integral, temperatura ambiente
½ xícara (120ml) de água, temperatura ambiente

Para rechear:
queijo, embutidos, folhas, o que você preferir

Em uma tigela grande, misture a farinha, o sal e o fermento em pó com um batedor de arame – é importante distribuir bem o sal e o fermento na farinha. Junte o azeite, o leite e a água e vá misturando com uma colher de pau até que uma massa comece a se formar. Comece a sovar – pode ser na mão ou na batedeira planetária com o batedor de gancho – até obter uma massa homogênea e elástica, cerca de 8 minutos na batedeira ou 12 sovando na mão. Forme uma bola com a massa, transfira para uma tigela média pincelada com azeite e cubra com filme plástico. Deixe descansar por 30 minutos em temperatura ambiente.

Divida a massa em 6 partes iguais – cada uma terá aproximadamente 120g. Forme uma bola com cada uma delas. Aqueça uma frigideira antiaderente grande em fogo alto.

Trabalhando em uma superfície levemente enfarinhada, abra cada bolinha de massa com um rolo até obter um círculo de aproximadamente 22cm – enquanto abre uma das bolinhas, deixe as outras cobertas para que não ressequem. Transfira o círculo de massa para frigideira e doure por 2-3 minutos de cada lado – transfira para um prato e cubra com um pano de prato limpo e seco. Continue grelhando o restante de massa.

Para servir, recheie a piadina com o que mais gostar e dobre-a ao meio – quando recheio com queijo, volto a piadina para a frigideira em fogo médio, espalho o queijo e deixo derreter.

Sirva imediatamente.

Rend.: 6 porções

Wednesday, December 06, 2017

Merengue de cereja

English version

Cherry Eton Mess / Merengue de cereja

O merengue tradicional, feito com morangos, é a sobremesa preferida do meu marido (eu também adoro, hoho). :). Aproveitei as cerejas maravilhosas que aparecem no final do ano para dar uma cara nova à sobremesa.

A receita é fácil – especialmente porque uso suspiro pronto, ligar o forno em dezembro e janeiro é uma missão quase impossível; difícil mesmo é não acabar com as cerejas antes mesmo de separar os outros ingredientes e coloca-los na bancada. :D

Merengue de cereja
receita minha

Compota de cerejas:
¾ xícara (150g) de açúcar cristal
1 anis-estrelado
3 colheres (sopa) de água
500g de cerejas, cortadas ao meio e sem os caroços - meça, depois retire os caroços

Para a montagem:
1 xícara (240ml) de creme de leite fresco
½ colher (sopa) de açúcar de confeiteiro
2 ½ xícaras de mini suspiros – se forem grandes, quebre-os em pedaços
100g de cerejas, cortadas ao meio e sem os caroços - - meça, depois retire os caroços

Compota: leve o açúcar, a água e o anis-estrelado ao fogo médio-alto em uma panela grande de fundo grosso. Cozinhe até caramelizar, sem mexer, apenas girando a panela de vez em quando. Adicione as cerejas, misture e cozinhe por 5 minutos. Retire do fogo, transfira para um refratário e descarte o anis-estrelado. Deixe esfriar completamente.

Montagem: bata o creme de leite e o açúcar até obter chantilly. Em quatro copos ou taças grandes (os da foto comportam 400ml cada), intercale camadas de suspiros, compota e chantilly, colocando algumas cerejas frescas entre as camadas. Sirva gelado.

Rend.: 4 porções

Monday, December 04, 2017

Bolo invertido de maçã e coco

English version

Upside down coconut and apple cake / Bolo invertido de maçã e coco

Bolo de maçã é um dos meus favoritos (há várias receitas aqui no blog, incluindo uma versão com azeite de oliva que vou repetir no próximo final de semana) e invertido o danado fica ainda mais lindo. As fatias de maçã formam uma camada saborosa e o coco dá um toque especial à massa – é um bolo bem macio e realmente delicioso.

É uma receita simples de fazer – apesar do visual – e acho terapêutico arrumar as fatias de maçã no fundo da forma. Apenas tomem cuidado para não usar forma de fundo nem aro removíveis, pois o açúcar da cobertura derrete no forno e pode vazar.

Upside down coconut and apple cake / Bolo invertido de maçã e coco

Bolo invertido de maçã e coco
receita minha

- xícara medidora de 240ml

Camada de maçãs:
1/3 xícara (65g) de açúcar cristal
¼ colher (chá) de canela em pó
2 maçãs Granny Smith pequenas, sem os miolos, cortadas em fatias finas

Bolo:
1 ½ xícaras (210g) de farinha de trigo
1/3 xícara (35g) de coco ralado sem adição de açúcar
1 colher (chá) de fermento em pó
¼ colher (chá) de bicarbonato de sódio
1 pitada de sal
¾ xícara (150g) de açúcar cristal
½ xícara (113g) de manteiga sem sal, amolecida
2 ovos
1/3 xícara (80ml) de buttermilk*
1/3 xícara (80ml) de leite de coco
1 colher (chá) de extrato de baunilha

Preaqueça o forno a 180°C. Unte com manteiga uma forma redonda de 20x7cm (não use forma desmontável e/ou de fundo removível, pois o açúcar, ao derreter no forno, pode vazar), forre o fundo com um círculo de papel manteiga e unte o papel também. Em uma tigelinha, misture o açúcar e a canela e salpique sobre o papel manteiga. Sobre a mistura, arrume as fatias de maçã, colocando umas ao lado das outras. Reserve.

Bolo: em uma tigela média, misture com um batedor de arame a farinha, o coco ralado, o fermento, o bicarbonato e o sal. Reserve. Em uma tigela grande, usando a batedeira, bata a manteiga e o açúcar até obter um creme claro e fofo, raspando as laterais da tigela ocasionalmente. Acrescente os ovos, um a um, batendo bem a cada adição. Junte a baunilha. Acrescente a farinha de trigo, o fermento, o bicarbonato, o sal, o coco ralado, o buttermilk e o leite de coco e bata em velocidade baixa somente até incorporar.
Espalhe a massa sobre as maçãs e asse por cerca de 50 minutos ou até o bolo crescer e dourar (faça o teste do palito). Deixe esfriar na forma, sobre uma gradinha, por cerca de 2 horas ou até que esteja morno. Com jeitinho, desenforme o bolo sobre um prato de servir, remova a forma e então o papel. Sirva sozinho ou com creme de leite batido.

* para fazer 1 xícara de buttermilk: coloque 1 colher (sopa) de suco de limão em uma xícara medidora de 240ml, complete com leite integral em temperatura ambiente e aguarde 10-15 minutos para sorar; use todo o conteúdo da xícara em usa receita

Rend.: 8-10 porções

Related Posts with Thumbnails